Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

dona-redonda

dona-redonda

Desafio de Escrita dos Pássaros # 2º Tema: O Amor e um estalo

redonda, 20.09.19

Tema 2 - O amor e um estalo ou quem se ama, pica-se.

Conheceram-se no casamento de amigos comuns, ficaram na mesma mesa e detestaram-se. Ele achava-se engraçado, ela quase que lhe deu um estalo. A partir daí a aversão foi recíproca.

Com o correr da noite beberam além da conta e acabaram a passar a noite juntos.

Ela despertou primeiro e saiu de mansinho, antes que ele acordasse, pronta a esquecer o mau passo, sem se lembrar bem se fora mau ou bom. Ele acordou enquanto ela se vestia e fingiu que ainda dormia. Continuavam em sintonia. Primeiro odiaram‑se, e em seguida, queriam era ambos esquecer aquela passagem da noite.

Só que depois veio ela a descobrir que apesar do endométrio, e de três médicos lhe terem garantido que não podia ter filhos, e que mesmo com inseminação artificial seria difícil, senão impossível, estava grávida.

Não era o pai que escolheria, mas nem pensar em interromper a gravidez.

Quando lhe contou, ele levou um susto tão grande que nem conseguiu esboçar um sorriso amarelo e saiu-se com a frase infeliz: “tens a certeza que é meu?”.

Era, como com exames de DNA ela fez questão de lhe provar.

Reencontraram-se depois só a seguir ao parto e apaixonaram-se os dois pelo bebe.

Ele queria ver o filho crescer, ela começou a sentir-se grata pela ajuda e companhia. Afinal ele não era assim tão odioso, às vezes até conseguia ser querido. Ele espantou-se como é que ela sendo mãe para passar noites acordadas a tomar conta do filho, conseguia depois parecer tão doce e bonita.

E depois?

Juntaram-se e tiveram mais um filho. De vez em quando ainda se picam, mas a brincar e sem estalos, por quem ama, não agride, antes protege e cuida.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.